sábado, 2 de fevereiro de 2008

PALMEIRA IMPERIAL (Roystonea oleracea)




















As palmeiras imperiais, de nome científico Roystonea oleracea, viraram símbolo de poder político, econômico e social no Brasil. Conquistaram esse status em 1809, quando o príncipe regente D. João VI as plantou no Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Os troncos altos, de até 32 metros de altura, esbranquiçados e de palmitos volumosos, transformaram-se em sinônimo de pujança. Pode soar exótico, mas há cada vez mais brasileiros interessados em plantar no jardim doméstico uma dessas árvores.
Não são as gigantes a perder de vista, mas as de dimensões mais modestas. Há, entre os amantes de um belo jardim, uma tendência: o fascínio pelas palmeiras. É bom negócio, seja nas casas particulares, seja em edifícios comerciais. “Esse foi o meu objetivo quando fui chamado para fazer o paisagismo do Hotel Unique, em São Paulo”, diz o paisagista Gilberto Elkis. “A imponência das 11 imperiais plantadas em frente ao prédio trouxe vida, tornou o lugar mais bonito e sobretudo valorizou o endereço.”


GILBERTO ELKIS “As árvores enriqueceram a fachada do Hotel Unique, em São Paulo”

PALMEIRA IMPERIAL (Roystonea oleracea)

Tronco de 1 metro R$ 400
Tronco de 12 metros R$ 10 mil

É um mercado regido por metros – compra-se “o metro de tronco”. Os preços variam de acordo com outras características, como a origem e a qualidade das plantas, mas o sistema métrico ajuda a ditar os cifrões. A Dypsis, uma das mais procuradas, começa em R$ 1 mil o metro e, na média, dobra de preço cada vez que cresce outros 60 centímetros. Compra-se, normalmente, espécies que variam de 1 metro a 3 metros – e não mais do que isso, porque os valores vão à lua. Uma palmeira imperial centenária, com 30 metros, é vendida a pelo menos R$ 20 mil – isso sem levarem conta o custo do transporte e plantio. Na outra ponta, apostar em mudas é uma decisão apenas romântica, porque exige décadas a fio de espera pelo crescimento da planta.


MARCELO FAISAL
Em uma década, o paisagismo brasileiro explodiu”


PALMEIRA PHOENIX (Phoenix roebelinii)
Tronco de 1 metro R$ 400
Tronco de 3 metros R$ 1,2 mil

Não é atividade para amadores. A consulta a especialistas é fundamental. Eles têm alguns conselhos muito claros na compra das árvores dessa família, que há apenas cinco anos começaram a ser apreciadas no chamado paisagismo estético. Com força, tomaram o lugar que antes era dos pinheiros. “A Dypsis está na moda”, diz o engenheiro agrônomo e paisagista Paulo Cesar Cavalcanti, de Vargem Grande, na Grande São Paulo. Marcelo Faisal, renomado especialista em jardins, aponta um outro tipo de palmeira como aposta segura, de bom gosto e mais em conta: são as arecas. Antes eram desprezadas e agora brotam em tapetes verdes. Um tronco de 1 metro custa apenas R$ 15. “São ideais para compor o jardim, preenchendo espaços vazios”, diz Faisal. É o império das palmeiras.

www.terra.com.br/istoedinheiro/348/seudinheiro/348_imperio_palmeiras.htm

6 comentários:

Fazenda Yavé Nissí disse...

Presados senhores, tenho 50 mudas de palmeiras imperiais entre 3 metros a 10 metros e gostaria de vende-las

CHÁCARA DO TITÃO disse...

tenho 5 Palmeiras imperial com tronco de 12 a 15 metros e e gostaria de vende-las.
tel: (14) 9698-79-99.
obrigada Ana

vanilda avancini disse...

Tenho duas Palmeiras LUCIANA jOYCI sao lindas como sei se realmente sao inperiais?

vanilda avancini disse...

Como sei se ninhas palmeiras tenho duas...sao realmentes imperiais?

Ilvania disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ilvania disse...

Meu irmão quer vender duas Palmeiras Imperiais: Ligue p/ negocar: 2792-4324.seu tamnho 12 metros.