quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Moringa - Uma verdadeira benção da natureza

















ORIGEM

É uma árvore originária da Índia. Nasceu em uma região seca como a do sertão do Brasil , onde chove pouco e durante período curto do ano.

NOME CIENTÍFICO
É uma planta da família Moringaceae e os cientistas a conhecem como Moringa oleifera, porque ela também produz muito óleo.

NOMES POPULARES
Em alguns lugares do nordeste é conhecida como Lírio-Branco e Quiabo de Quina, em inglês, é chamada de Drumstick (Baqueta) devido ao formato que lembra o Bastão de bater o tambor.

CARACTERÍSTICAS
É uma plnata perene (que dura muitos anos, não acaba) que atinge cerca de 10 metros de altura. As flores são perfumadas, de cor branca ou bege, pintadas de amarelo na base.
O fruto é uma espécie de vagem normal, que tem duas faces.
As sementes, sempre em grande número por fruto, têm quase 1 centímetro de diâmetro e, são aladas.

VALOR NUTRITIVO
O conteúdo de vitamina a nas folhas é de 23 mil ui (unidades internacionais) por 100 gramas de folhas maduras, o maior dentre os vegetais comestíveis. só para se ter uma idéia da importância desse conteúdo, o brócolis possui 5 mil ui e a cenoura 3.700. as folhas da moringa são boa fonte de fósforo, cálcio, ferro e vitamina c contém também cerca de 27% de proteínas.

USO MEDICINAL
Todas as partes da moringa são usadas na medicina popular da ásia, áfrica e américa central, apesar de que ainda poucas das propriedades alardeadas foram comprovadas cientificamente. Sabe-se que as folhas e as sementes possuem propriedades antibacterianas, e que a vitamina a associada a outras vitaminas combate os radicais livres, moléculas derivadas do metabolismo, que prejudicam as células provocando o envelhecimento. Os usos mais citados da moringa são para as doenças da pele, sistema digestivo e doenças nas articulações.

USO ALIMENTÍCIO
Nos continentes Asiático e Africano, a utilização como alimento é bastante antiga. Na América Central também há certa tradição. As receitas são inúmeras. Na Indonésia, por exemplo, consome-se o arroz com sopa ou molho de folhas de moringa. Em Timor, há um prato muito apreciado chamado "makansufa", que significa refeição de flores. As flores de moringa são fritas em óleo de coco e imersas em leite de coco, para serem consumidas com milho ou arroz. Nas Filipinas, folhas novas são transformadas em puré para alimentar crianças. Na Etiópia, as folhas temperadas e cozidas são utilizadas em mistura com batatas e tomates. Os frutos podem ser consumidos em conservas. Em Bombaim, na Índia, há uma fábrica que exporta para países ocidentais enlatados de drumsticks. Em alguns países as folhas servem para alimentação animal. No Brasil, sabe-se há pouquíssimo tempo, que a moringa é comestível. A espécie está sendo vista como alternativa alimentar estratégica. Em algumas escolas de regiões carentes estão usando folhas da moringa na merenda escolar. Segundo
relatos de professores, o rendimento dos alunos melhorou. No instituto de parmacultura da Bahia, em Salvador, tem-se usado a farinha das folhas secas para alimentar crianças em substituição à farinha de mandioca.

OUTROS USOS
A árvore é muito ornamental, florescendo quase o ano todo. Em alguns lugares são usadas como cercado vivo. Das sementes, é feito um óleo que pode servir para fixar fragrâncias florais. Antigamente foi muito usado para lubrificar relógios e cronômetros.

PLANTIO
É pouco exigente quanto ao solo, porém, não resiste muito a alagamentos prolongados. A produção de mudas pode ser por sementes ou estacas. Plantadas em saquinhos individuais, aos dois meses já podem ir para o campo. Também se reproduz facilmente a partir de galhos de plantas adultas, apresentando-se por este método, um crescimento mais rápido. A planta precisa sobretudo de muito sol.

PRODUÇÃO
A partir de sete meses, a planta pode frutificar timidamente, mas, após dois anos, produz mais de 600 frutos anualmente. em relação às folhas, ela rebrota vigorosamente após as podas feitas constantemente. Em regiões muito secas, perde as folhas nos períodos de estiagem, mas, se for irrigada, mantém a folhagem o ano todo.

HABITAT
É nativa da índia. hoje em dia, pode ser encontrada em todas as regiões subtropicais do mundo.

A TÉCNICA DE PURIFICAÇÃO DA ÁGUA
A técnica foi trazida da África em 1994 e está sendo difundida por organizações não governamentais nas regiões brasileiras afligidas pela seca. substitui a utilização da cal e do cimento, usados popularmente para acelerar a decantação da sujeira da água, mas que deixam resíduos químicos tóxicos.

O PROCESSO DE PURIFICAÇÃO
As sementes (de 01 a 03) são descascadas, amassadas com um pilão e misturadas em água limpa, que depois será coada. O líquido resultante, chamado de leite de moringa devido à cor branca, será adicionada à água que se deseja purificar. A dose recomendada é de uma ou duas sementes por litro de água barrenta. Após a mistura, mexe-se com força por 1 minuto e lentamente por mais 5 minutos, e o barro começa a se assentar no fundo do reservatório. Para poder utilizar a água, deve-se separá-la do barro com cuidado para não balançar o reservatório.

Como usar a semente da moringa para purificar a sua água

1- Lave bem as mãos, limpando com cuidado as unhas.
(Isso é muito importante para evitar a transmissão de bactérias e doenças).

2- Separe três sementes de moringa para cada litro d'água que você deseja purificar.
(Para uma lata grande de vinte litros d'água, use sessenta sementes de moringa).

3- Retire as cascas das sementes, uma por uma, e coloque o miolo em um pilão e amasse todas.
(É importante que o miolo das sementes sejam bem amassadas como se faz com o tempero da comida).

4- Jogue o conteúdo do pilão na água que você quer purificar e mexa lentamente o líquido durante 5 minutos.
(É nesse instante que a moringa começa a purificar a sua água).

5- Cubra a lata e espere durante duas horas até que a água fique bem limpa e todo o barro e a sujeira vá para o fundo da lata.
(Você vai ver como toda a sujeira desce para o fundo da lata).

6- Bem devagar, retire com um caneco, a água limpa que fica em cima e coloque em um pote ou jarra.
(A água está pronta para ser usada na cozinha ou mesmo para beber).

CAMPANHA
O diretor regional da ECT/DR/CE, João Alberto neto lobo, e o presidente da Fundação Deusmar Queiroz, Geraldo Lima, realizaram, dia 20 de março de 2000, o lançamento interno da campanha " Pegue e Plante Moringa - a semente que é uma limpeza ". A campanha objetiva utilizar a estrutura das agências dos correios do interior para a distribuição de sementes de moringa destinadas à purificação de água. "A semente de moringa elimina as bactérias tornando a água potável e contribuindo para a qualidade de vida dos cearenses que não têm acesso a sistemas de saneamento," afirmou o diretor da ECT ".

PARCERIA
Segundo Geraldo Lima, a escolha dos correios como parceiros da campanhas, pela Fundação Deusmar Queiroz, foi em função da eficácia demonstrada pela empresa em outras campanhas de sucesso. "Oempenho e o ideal de servir dos correios são traduzidos a cada ano nas pesquisas que comprovam a alta confiabilidade da ECT".

5 comentários:

wilson_jovem disse...

Sou natural de Cajazeiras (PB). Estudei no Colégio Agrícola de Lavras da Mangabeira (CE), de 1958 a 1961, onde concluí o curso de Operário Agrícola e Mestre Agrícola. Cursei o Técnico Agrícola em Bananeiras (PB). Trabalhei na ANCAR-PARAÍBA como Extensionista Agrícola por 5 anos. Trabalhei como Técnico Agrícola do BNB por 35 trinta e cinco anos, onde me aposentei. Atualmente trabalho como projetista da Patamuté Consultoria Ltda., em São Raimundo Nonato (PI). Nesta minha vida de campo venho diuturnamente procurando uma oleaginosa perene que venha a substituir o algodão arbóreo que, durante muitas décadas, foi o carro chefe e fonte de renda do pequeno produtor rural. Devo acrescentar que quando adolescente cheguei a colher até 50 quilos de algodão arbóreo diário. Poucos se igualavam a mim. Já estudando em Lavras da Mangabeira (CE), em 1960, na fazenda (Engenho Pau Amarelo) de Dr. Luiz Augusto Lima, colhi 35 quilos de algodão das 6h às 11h da manhã. Não quebrei meu próprio recorde neste dia porque meu professor, Dr. Luiz Augusto, não me deixou voltar a colher algodão no período da tarde, alegando ele que me convidou para gozar férias em seu engenho, e não colher algodão. (aqui apenas um breve relato, para entrar no que interessa).
Encontrar uma cultivar para substituir o algodão arbóreo é uma necessidade urgente. A MORINGA talvez seja a indicada, haja vista ser ela uma planta de multiuso. Além das múltiplas vantagens elencadas, ainda serve para curtir a pele das cabras e ovelhas. Quando dizem que ela cura os desnutridos – eu me entusiasmo - imaginem a moringa na alimentação dos nutridos!!!
Vamos pedir aos governos constituídos para substituírem o "bolsa família" por incentivo ao cultivo de MORINGA e instalação de mine-usinas nas associações para extração do óleo bruto.
Eu sempre comento no meio rural quando o imenso valor da cisterna de placa. Chego a dizer que foi o invento do século passado paro os sertanejos do semi-árido. Antigamente os agricultores construíam suas casas nas margens dos rios, justamente pensando no fator água. Hoje, com a cisterna de placa, se constrói casas em cima dos morros, pois água para beber não é mais problema. Com a Moringa para o tratamento da água da cisterna – além de garantir o tratamento da água – garantirá saúde, evitando a diarréia nas crianças tão comum nos meses das enchentes.
e-mail: wilson_jovem@yahoo.com.br

Maria Betânia Gomes Calheiros Luna disse...

Vi na tv um Padre falando sobre esta planta MoRINGA, achei muito interessante e fiquei interessada por adquirir esta planta.Tenho um sitio no interior de Alagoas e as aguas são de poço,as vezer não sentimos coragem para usa-la. Gostaria de saber se em Itapetim-PE existe a MORINGA . Sou de Maceió,mas meu filho está morando em Itapetim. Se puder me imformar fico-lhe grata.

Renato Araujo Renatinho disse...

vai fazer uns 5 meses que plantei uma arvore moringa no meu quintal,já estar florando,as flore são delicadas e super cheirosas ,mas eu não sabia que a moringa crescia tanto assim ,plantei perto de casa ,isso pode trazer algum problema?

michel sarfatti disse...

Onde eu consigo compra uma muda?

michel sarfatti disse...

onde eu consigo uma muda?